Histórico

Curiosidade é o que move os adolescentes a realizarem descobertas. Pensando nisso e no fato de que o jovem pode não se sentir totalmente seguro para conversar alguns assuntos específicos com seus pais ou parentes nos motivamos a fazer esse blog.

Puberdade, 1ª vez, sexualidade, esses são alguns temas que geram muitas dúvidas entre os adolescentes. Além desses, tentaremos esclarecer também outros temas relacionados ao comportamento do jovem nos dias atuais. Aqui você também poderá entender o motivo das atitudes que os adultos julgam como inconseqüentes e impensadas.

Teremos relatos de pais, educadores e até dos próprios jovens sobre experiências vividas .

Desse modo, trazemos aos jovens mais informações que possam ajudá-los a se proteger e se entender nessa fase da vida onde ocorrem tantas modificações com o corpo e o intelecto.

Então, jovens amigos, aproveitem para esclarecer todas as suas incertezas sobre o respectivo assunto.


Ficar x Namorar

domingo, 22 de junho de 2008

Ficar é uma gíria brasileira que designa uma relação afetiva sem compromisso, que normalmente tem natureza efêmera. É um namoro "relâmpago"; diferencia-se de namorar porque o namoro envolve um compromisso (que comumente envolve fidelidade) e ao menos teoricamente, tem como característica a durabilidade (pelo menos de meses), enquanto que o ficar (ou a ficada) acontece por minutos ou horas. De modo que o(a) garoto(a) possa ficar com quem quiser depois, e não precisa sentir ciúmes se -la(o) com outro(a), nem ligar no dia seguinte.Normalmente é só um beijo.

Ficar com uma pessoa tem suas vantagens. Você pode não estar certo se quer realmente namorar, então, melhor deixar claro que não há compromisso do que assumir algo que será totalmente falso.

Você pode sair por aí sem dar satisfação de seus atos, pois esta história de ficar não exige fidelidade. Ou seja, se surgir um outro gatinho ou gatinha na festa, você não vai pensar duas vezes para curtir.

Quando você fica, não há compromisso de que aquela relação vai continuar. Não há muitas cobranças, mas também não há a certeza de que você vai ter colo quando estiver triste e precisando de alguém...

Sabe quando ela(e) começa a encanar com várias coisinhas? Tipo: "não acredito que você está olhando para aquela(e) garota(o)", "queria que você conhecesse meus pais"... aí a coisa começa a ficar séria.

Hoje em dia, quase ninguém pede a pessoa em namoro. Quase todo mundo acha que isso é o maior mico. Então, como saber que aquilo que era apenas um "ficar" virou namoro de verdade?

No namoro, existe o compromisso da fidelidade e a pessoa espera que a outra dê mais satisfação de seus atos. Viajar do nada sem avisar, por exemplo, e só aparecer depois de um mês, é praticamente inaceitável dentro de uma namoro.

Aos poucos, você quer ficar mais tempo ao lado dela/dele e sente tantas saudades que liga três vezes por dia. Depois, quando você percebe, tudo o que acontece em sua vida você divide com ele(a) e a simples possibilidade de terminar tudo isso te apavora.

0 Comments: